Metodologia - Pé no Palco
553
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-553,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-16.9,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.5,vc_responsive

METODOLOGIA

“Estrutura-se o aprendizado nos CURSOS LIVRES DE TEATRO em CICLOS que se renovam e se completam de forma constante”

O grande diferencial dos Cursos Livres de Teatro Pé no Palco é que eles são ministrados por diretores de teatro que são também atores, arte educadores e gestores da escola. Artistas que compõem a Companhia de Teatro Pé no Palco e que estão juntos há mais de vinte anos pesquisando e experienciando o teatro com comprometimento e contínua busca pela inovação artística.

 

O Pé no Palco é um espaço de experimentação e convívio criativo onde o teatro e suas disciplinas ocupam o lugar de processos de grupo, desenvolvimento do mundo sensível, aprendizado técnico e montagem de espetáculos.

 

Estrutura-se o aprendizado nos CURSOS LIVRES DE TEATRO em CICLOS que se renovam e se completam de forma constante por meio dos fenômenos corpo, emoção, espaço, teatralidade e o próprio tempo que o aluno dedica ao processo individual e de grupo.

 

Ciclo é uma palavra com origem no termo grego kýklos, que significa uma série de fenômenos cíclicos, ou seja, que se renovam de forma constante.

TURMAS

O Pé no Palco oferece cursos de teatro para adultos, adolescentes e crianças.

CURSO DE TEATRO PARA ADULTOS

O curso de teatro para adultos se divide em três ciclos, cada ciclo possui a duração de um ano.

CICLO I

EXPERIMENTAÇÃO DA METODOLOGIA PÉ NO PALCO:

A PRÁTICA, A FUNDAMENTAÇÃO E A POÉTICA DA ESCOLA

 

Firma-se este CICLO na descoberta da confluência entre a consciência da individualidade criativa e sua singularidade psicofísica, com a prontidão para o trabalho no coletivo. Trata-se de um curso essencialmente prático, que coloca os participantes frente à arte de representar, num ângulo renovador e libertário, que encara o teatro como poderoso instrumento de transformação.

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS:

 

PRIMEIRO SEMESTRE

LABORATÓRIO DO CORPO ESTÉTICO: Os pontos energéticos do corpo e sua influência no estado de presença dilatada no palco, perspectivas do olhar do ator, tensão e relaxamento corporal, espacialidade e decisão na cena, qualidades de ação, impulso e contenção, composição física, partitura corporal; voltado para o conceito “inteireza” do ator e da atriz na sua capacidade expressiva.

 

LABORATÓRIO DO JOGO: Treinos de interação, criatividade, imaginação, improvisação, texto e jogo, cena e jogo, intuição, ética e estética, convivência criativa.

 

LABORATÓRIO DA RESPIRAÇÃO: Relação entre personagem, estado, pensamento e respiração. Treino de transição de emoções como choro, riso, tristeza, alívio, etc. Respiração e presença.

 

LABORATÓRIO DA VOZ: Treinamento de emoção, intenção, ênfase, projeção e estética vocal através de aquecimentos vocais, pesquisa de possibilidades da voz, diálogos e monólogos espontâneos.

 

MOSTRA DE PROCESSO ABERTA AO PÚBLICO: Ao final do primeiro semestre a turma se exercita na construção de uma sequência de cenas e situações que tem por base os exercícios e resultados criativos das vivências pessoais e de grupos.

 

SEGUNDO SEMESTRE

TEXTO TEATRAL: O aprofundamento da pesquisa do ator na construção do personagem ou narrador: intenção, voz, respiração, subtexto, escolha de movimento, presença, verdade cênica, gráfico da personagem.

 

LABORATÓRIO DE “MONTAGEM”: Desenvolvimento de uma peça teatral com direção dos professores da turma que ficará em temporada no Espaço Cultural Pé no Palco. O momento de encontro com a plateia substancia o saber adquirido e comprova que o teatro só se realiza com a presença do público.

 

BIBLIOGRAFIAS INDICADAS:
Peixoto, Fernando: O que é teatro.
Carvalho, Ênio: O que é Ator.
Janô, Antonio Januzelli: A aprendizagem do ator.
Stoklos, Denise: Teatro Essencial.
OIda, Yoshi: O ator invisível
Boal, Augusto: Teatro do Oprimido
Spolin, Viola: Improvisação para o teatro

CICLO II

EXPERIMENTAÇÃO AVANÇADA DO TRABALHO NO PALCO:

APROFUNDAMENTO DOS CONCEITOS E NOVAS DESCOBERTAS

 

A continuidade do aprendizado prevê uma revisão consciente de todo o aprendizado inicial em que a autonomia e reconhecimento do potencial criativo se revelam, aparecendo o estilo e a forma singular de cada aluno apropriar-se da técnica, tornando-se o ponto de partida para novos saltos.

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS:

 

PRIMEIRO SEMESTRE

LABORATÓRIO DO CORPO ESTÉTICO: Os pontos energéticos do corpo e o aprofundamento de uma presença dilatada no palco em práticas cênicas e em jogos de improvisação. As perspectivas do olhar no subtexto da personagem. Tensão e relaxamento corporal na construção de partituras físicas, qualidades de ação da personagem, impulso e contenção na contracena.

 

LABORATÓRIO DO JOGO: Treinos de sinergia, visão periférica, improviso e intuição (Técnicas de View Points), convivência criativa com contracena.

 

LABORATÓRIO DA RESPIRAÇÃO: A respiração como ação. Aprofundamento da relação entre personagem, pensamento e respiração. Situações limites na respiração. Respiração e vida no teatro.

 

LABORATÓRIO DA VOZ: Estética da voz, pontos de apoio para diferentes projeções vocais, exercícios de familiaridade com a voz ampliada para uma projeção “natural”. Continuidade do treinamento de emoção, intenção, ênfase e estética vocal através de aquecimentos vocais, pesquisa de possibilidades da voz, diálogos e monólogos espontâneos.

 

LABORATÓRIO DA CENA: Metáforas e símbolos no teatro, encenação de recortes dramatúrgicos, marcação no espaço e estética, repetição e verdade cênica, possibilidades espaciais da cena, pesquisa do objeto na cena, cenografia e significado.

 

MOSTRA DE PROCESSO ABERTA AO PÚBLICO: Ao final do primeiro semestre a turma se exercita na construção de uma sequência de cenas que tem por base os exercícios e resultados criativos das vivências em grupos ou das buscas realizados para a montagem de final de ano.

 

SEGUNDO SEMESTRE

TEXTO TEATRAL: Compreensão e estudo do texto dramático para encenação. Aprofundamento da pesquisa do ator na construção da personagem e na atmosfera da cena a partir do texto. Memorização, tempo e ritmo do texto, leitura dramática e camadas da voz na interpretação.

 

MONTAGEM: Decisão, composição de cenas, ensaios dirigidos, o papel do diretor no espetáculo teatral, repetição e presença, verdade cênica e respiração. Marcação no espaço. Desenvolvimento de uma peça teatral com direção dos professores da turma que ficará em temporada no Espaço Cultural Pé no Palco no final do ano.

 

BIBLIOGRAFIAS INDICADAS:
Bonfitto, Matteo: O ator Compositor
Bogart, Anne: Obra e artigos
Grotowski, Jerzy: Em busca de um Teatro Pobre
Stanislavski, Constantin: Obra

CICLO III

APRIMORAMENTO TÉCNICO E SENSÍVEL POR MEIO DE PROPOSTAS DE PESQUISA E INVESTIGAÇÕES DE LINGUAGENS CÊNICAS CONTEMPORÂNEAS:

 

O processo de montagem, além de questões técnicas do teatro aborda também temas como pensamento e ação em grupo, presença magnética do ator, relação do ator com a direção teatral, autonomia, empatia, intuição criativa e a expressão performática.

 

Os signos teatrais como sonoplastia, cenário, figurino, maquiagem, adereços de cena, iluminação, produção entram como parte do processo de aprendizado, voltados à busca de melhores soluções dentro do tempo e contexto estético, escolhidos para a montagem.

TURMA DE TEATRO PARA CRIANÇAS

Atende crianças de 05 a 11 anos que desejam vivenciar o teatro.

CICLO BRINCANTE

O Curso de Teatro para Crianças do Pé no Palco proporciona aos alunos a oportunidade de evoluírem aspectos de sua formação que, muitas vezes, fogem da educação formal. São jogos e dinâmicas que estimulam a criança, de forma lúdica, a encontrar respostas criativas para importantes questões da sua vida. Um tempo e um espaço onde a criança pode expressar espontaneamente suas demandas afetivas.

 

As aulas de teatro são acompanhadas também, de outras expressões artísticas: a sonora, a plástica, a corporal e a literária. Essas artes alinhadas ao teatro estimulam a criança a perceber suas múltiplas potencialidades, dando a possibilidade da descoberta de um novo ser, pronto para novos desafios.

 

Seguem alguns elementos que são incentivados durante o curso de teatro para crianças

 

Criatividade, concentração, desenvoltura e expressividade, disciplina, amadurecimento emocional, comunicabilidade, aumento da autoconfiança, autonomia, o convívio em grupo.

 

Conteúdos Programáticos:

EU E MEU CORPO:
– Exercícios de expressão corporal;
– Exercícios de expressão vocal;
– Exercícios de descoberta e experimentação da palavra;
– Exercícios com as emoções;
– Construção de personagens.


EU E O OUTRO:
– Jogos de integração de grupo;
– Exercícios para aprimorar a escuta (a importância de escutar o outro);
– Improvisação.


EU E O ESPAÇO:
– Exercícios para explorar e ocupar o palco;
– Descobrindo a arquitetura do espaço.


EU E O ESPETÁCULO:
– Criação coletiva do espetáculo;
– A importância do outro no processo criativo;
– Comprometimento com a obra;
– Aprofundamento e análise do tema ou texto proposto;
– Divisão de tarefas.


EU E O PÚBLICO:
Durante o curso de teatro os alunos terão dois momentos importantes de contato com a plateia. O primeiro momento acontece no mês de julho, com a apresentação de uma Aula Aberta e o segundo momento acontece no mês de dezembro com a apresentação de um espetáculo, o qual faz uma breve temporada no Espaço Cultural Pé no Palco.

TURMA DE TEATRO PARA ADOLESCENTES

Atende adolescentes e jovens de 12 a 15 anos que desejam vivenciar o teatro.

CICLOS REVELADORES

Os adolescentes aprendem, através do contato com o teatro, que podem transformar sua realidade.

 

O teatro oferece para os alunos inúmeros benefícios psíquicos que possibilitam um desenvolvimento amplo das funções psicológicas superiores, como o pensamento e a linguagem. Além do enfrentamento de situações importantes na vida como, por exemplo, posicionar-se diante de suas escolhas, maior clareza em comunicar-se e acreditar em si mesmo.

 

É por meio do acesso à arte que se constrói uma consciência de cidadania cultural, dando aos adolescentes e jovens a possibilidade de se tornarem construtores de sua própria história.

 

Os alunos são motivados a descobrir por meio de jogos e exercícios os princípios do fazer teatral: aquecimento, concentração, integração de grupo, descondicionamento, mergulho na fantasia e relação com a plateia.

 

O corpo docente sensibiliza o aluno através da condução lúdica e de um constante processo de retornos críticos. Perceber as relações, do processo criador com o mundo subjetivo, as dificuldades, os desafios, e, sobretudo as conquistas, é o fator imprescindível para a qualidade da convivência criativa.

 

Conteúdos Programáticos:

EU E MEU CORPO:
– Exercícios de expressão corporal;
– Exercícios de expressão vocal;
– Exercícios de descoberta e experimentação da palavra;
– Exercícios com as emoções;
– Construção de personagens.


EU E O OUTRO:
– Jogos de integração de grupo;
– Exercícios para aprimorar a escuta (a importância de escutar o outro);
– Improvisação.


EU E O ESPAÇO:
– Exercícios para explorar e ocupar o palco;
– Descobrindo a arquitetura do espaço.


EU E O ESPETÁCULO:
– Criação coletiva do espetáculo;
– A importância do outro no processo criativo;
– Comprometimento com a obra;
– Aprofundamento e análise do tema ou texto proposto;
– Divisão de tarefas.


EU E O PÚBLICO:
O aprendizado do teatro que se concretiza com a presença do público.
Durante o curso os alunos terão dois momentos importantes de contato com a plateia. O primeiro momento acontece no mês de julho, com a apresentação de uma Aula Aberta e o segundo momento acontece no mês de dezembro com a apresentação de um espetáculo, o qual faz uma breve temporada no Espaço Cultural Pé no Palco.